Conforme seu signo, você é de aceitar conselhos ou não?

Conselho pode ser definido como recomendação, parecer, aviso que se oferece a alguém em relação ao que essa pessoa deve, ou não, fazer numa certa situação.
É nessas palavras que encontramos a dificuldade que temos para poder aceitar um conselho: a intenção da entrega de um conselho é a modificação da decisão ou conduta da pessoa que recebe o conselho. Em geral, a maneira como nos comportamos nos define, de modo que uma observação, por mais bem-intencionada que seja, afeta nosso ego. Por outro lado, quando damos conselhos, esperamos que seja aceito, caso contrário estaríamos rejeitando nosso raciocínio e, mais uma vez, nosso ego.
No entanto, uma advertência: é fácil dar conselhos, por isso pode acontecer que as mensagens sejam dadas sem incorrer em custos de conselhos ruins. Maus conselhos podem ter consequências terríveis em vez de ajudar. É importante, então, ter sabedoria prática tanto em dar conselhos quanto em recebê-los.

 

Áries

Não dá nem gosta de receber conselhos. Ele age por si mesme em todos os casos. Nem escuta nem avisa. Deixa cada um fazer o que entende como o certo a ser feito. Se ele ou o outro dão de cara com uma parede, azar. Tenta novamente como se nada tivesse acontecido.

 

Touro

Ele ouve os conselhos que lhe são dados, mas faz o que ele considera certo porque assim entende que é o melhor a ser feito. Quando sai tudo errado, ele cobra: Por que vocês não me disseram que eu estava errado? Fala muito da vida, mas fala pouco dos seus negócios e geralmente não aconselha ninguém.

 

Gêmeos

Ele presta muita atenção aos conselhos que lhe são dados e os processa rapidamente. Tanto pode seguir ou não os conselhos ou ainda, baseado no que ouviu, tenta uma terceira possibilidade. Ele sempre considera maneiras diferentes de prosseguir para alcançar os objetivos.

 

Câncer

É de dar conselhos sem que o peçam para amigos e família. É também de seguir os conselhos recebidos desde que estejam de acordo com a tradição familiar. “Mamãe disse isso …” ou “Como meu avô costumava dizer …”

 

Leão

Ele não permite que ninguém venha a dizer o que ele precisa fazer. Ele sabe o que quer e faz o que quer, sempre. Mas, ouve com muita atenção os conselhos e se eles fazem sentido, os aplica. De qualquer maneira esses conselhos são vistos como vindo de conselheiros, que um rei ou uma rainha devem possuir.

 

Virgem

Sua crítica pode ser esmagadora ou insuportável. Mais do que dar conselhos, aponta erros, explica comportamentos, elabora teorias. Ele quer fazer o bem. Se ele recebe conselhos, estes giram em sua mente, culpando-se por não ter percebido isso antes. Mais do que receber conselhos, gosta de receber opções para decidir.

 

Libra

Ele nunca dá nenhum conselho para evitar de cair em críticas. Não suporta ficar de mal com alguém. Devido a isso acaba parecendo falso. Quando recebe um conselho, ele o aceita e promete agir de acordo. Mas logo faz o que ele bem entende.

 

Escorpião

Ouve e analisa o que lhe é dito, procurando os motivos ocultos que podem existir por trás das palavras. Fica se questionando coisas tipo: Eles dizem isso por inveja, para me fazer mal? Então acaba fazendo o de costume, convencido de que é mais conveniente para ele.

 

Sagitário

Ele age seguindo seus impulsos e sem se importar com o os conselhos e com o que os outros pensam. Se o caminho tem obstáculos, ele acha a saída. Enquanto isso, fica tentando até conseguir. Se permite aconselhar os outros, com base em sua natural sabedoria.

 

Capricórnio

Presta muita atenção ao que os outros dizem e com isso forma sua própria opinião. Ele toma seu tempo e, talvez, acabe aceitando o que lhe foi dito, como se tivesse saído dele porque depois de passar por sua avaliação, as medidas foram tomadas. Ele é sisudo, mas às vezes aconselha, baseado apenas nas suas próprias experiências.

 

Aquário

Nem aconselha nem aceita conselhos, nem ser marcado por uma linha de conduta. Tem seus próprios critérios. É original ou excêntrico e ninguém precisa dar a opinião se ele não a pede. Mas ouve tudo e assimila a informação. Todas as experiências valem a pena.

 

Peixes

O conselho é muito racional e ele, Peixes, é movido pelo sentimento. Ele não entende as razões e não se importa com as especulações teóricas sobre o que é vivido. Elas tiram a emoção da vida, mas chora amargamente quando confrontado com as consequências de algo que não deu certo e pelo qual já tinha sido aconselhado.