Superstições

Superstição (do latim superstitio, “profecia, medo excessivo dos deuses”) ou crendice é a crença em situações com relações de causalidade que não se podem mostrar de forma racional ou empírica. Ela geralmente está associada à suposição de que alguma força sobrenatural, que pode inclusive ser de origem religiosa, agiu para promover a suposta causalidade. Um exemplo comum no Brasil é a crença de que quebrar um espelho causa sete anos de azar
Superstições são, por definição, não fundamentadas em verificação de qualquer espécie. Elas podem estar baseadas em tradições populares, normalmente relacionadas com o pensamento mágico.

Superstições mais comuns

Coceiras: se a palma da mão esquerda coçar, é sinal que irá receber dinheiro. Se a palma da mão direita é que estiver coçando, uma visita desconhecida está para aparecer. Coceira na sola do pé significa viagem ao exterior.

Elefantes: ter um elefante de enfeite, sobre um móvel qualquer, sempre com a tromba erguida mas de costas para a porta de entrada, evita a falta de dinheiro.

Orelha: se sua orelha esquerda esquentar de repente, é porque alguém está falando mal de você. Nesses casos, vá dizendo o nome dos suspeitos até a orelha parar de arder. Para aumentar a eficiência do contra-ataque, morda o dedo mínimo da mão esquerda: o sujeito irá morder a própria língua.

Objetos perdidos: A maneira mais eficiente de encontrar algo que desapareceu é dar três pulinhos para São Longuinho.

Gatos: na Idade Média, acreditava-se que os gatos pretos eram bruxas transformadas em animais. Por isso a tradição diz que cruzar com gato preto é azar na certa. Os místicos, no entanto, têm outra versão. Quando um gato preto entra em casa é sinal de dinheiro chegando. Acariciar um gato atrai boa sorte. Ter um gato em casa atrai fortuna. Se um gato dobrar as suas patas e se deitar sobre elas deixando-as escondidas é sinal que uma tempestade está por vir.

Espelhos: Quem quebrar um espelho terá sete anos de azar. Ficar se admirando num espelho quebrado é ainda pior. Significa quebrar a própria alma. Ninguém deve se olhar também num espelho à luz de velas. Não permita ainda que outra pessoa se olhe no espelho ao mesmo tempo em que você.

Guarda-chuva: Dentro de casa, o guarda-chuva deve ficar sempre fechado. Segundo uma tradição, abri-lo dentro de casa traz infortúnios e problemas aos familiares. No entanto em Vanuatu abrir guarda-chuva no trabalho significa trazer grande quantidade de riqueza.

Aranhas: Aranhas, grilos e lagartixas representam boa sorte para o lar. Matar uma aranha pode causar infelicidade no amor.

Brinde: se o seu copo contiver algum tipo de bebida alcoólica, não brinde com ninguém cujo copo contenha bebida sem álcool. Vocês terão os seus desejos invertidos.

Vassoura: Colocar uma vassoura com o cabo para baixo atrás da porta faz as visitas indesejáveis irem embora logo. A vassoura deve ser guardada na posição vertical para evitar desgraças. Crianças que montarem em vassouras serão infelizes. Varrer a casa à noite expulsa a tranquilidade.

Número 13: O número 13 é tido ora como sinal de infortúnio, ora de bom agouro. Se uma sexta-feira cair no dia 13 de um mês é um mau sinal. Todo cuidado é pouco nesse dia. O número treze é tão temido que há lugares onde os prédios não possuem o décimo terceiro andar. Dito por alguns como o número do azar, porém, para outros, é o número da sorte.

Escada: Passar por de baixo da escada pode trazer má sorte.

Cachorros: Quando algum cachorro esta uivando, deve-se colocar o  direito corretamente em um calçado e virar o pé esquerdo e pisar em cima, então o cachorro para na hora.

Madeira: Se você bater em um tronco de árvore oco três vezes, o azar vai embora.

Mau-olhado (ou olho-gordo): Característica creditada a algumas pessoas, consistindo na capacidade de fazer mal a alguém apenas submetendo-o ao seu olhar.

Fontes: Jogar uma moeda em uma fonte de água realiza um desejo que você tenha feito.

Trevos: Achar um trevo-de-quatro-folhas tira todo o seu azar.

Ferraduras: Virar as duas pontas de uma ferradura para cima traz boa sorte.

Espirro: Se você espirrar em algum dia em que não está gripado, alguém está falando de você. A prática usual de se dizer “saúde” (ou God bless you nos países de língua inglesa) é derivada da crença supersticiosa de que a alma da pessoa que espirra pudesse sair do corpo naquele momento.

Divisão da calçada: Se você pisar em uma divisa da calçada, isso causará dores no corpo.

Sal: Se você derrubar sal sem querer, para que se evite o azar do sal, pegue um pouco do sal derramado e jogue acima do ombro esquerdo.

Pé-de-coelho: É uns dos amuletos da sorte, que pode ser utilizado em chaveiros.

 

Superstições e fobias dos famosos


Jennifer Aniston, atriz do seriado “Friends” e Robert Smith, líder do conjunto “The Cure”, que inclusive já atravessou o atlântico de navio enquanto os demais membros do conjunto iam de avião, tem medo de voar de avião.

Luciano Pavarotti tinha mania de recolher os pregos tortos que sobravam da construção do palco no qual iria se apresentar. Era para que tudo funciona-se da maneira certa.

Roberto Carlos só se veste de azul e branco. Além disso, foge do número 13 o quanto pode, deixando até de marcar shows na data.

Taylor Swift eZagallo, técnico e ex-jogador de futebol enxergam o número 13 com bons olhos porque sempre lhe trouxe sorte aos dois, na música, no futebol e nos negócios.

Neymar sempre entra em campo com caneleiras personalizadas com o nome do filho para dar sorte.

Megan Fox só viaja de avião ouvindo uma cantora específica: Britney Spears, porque segundo ela: “Não é meu destino morrer ouvindo Britney Spears”.

Lady Gaga, só aceita números de mesas e cadeiras pares em seu camarim. Além disso, sempre exige que alguém a sirva para fugir da má sorte.

Cameron Diaz costuma esfregar as maçanetas para limpá-las antes de abrir as portas e usa os cotovelos para empurrar as portas.

Charlize Theron sempre verifica cada gaveta quando chega em um lugar novo. Ela tem que saber o que está em todos os armários e diz que sempre os inspeciona, além de verificar as gavetas dos móveis.


Daniel Radcliffe de Harry Potter descobriu que tinha TOC aos cinco anos de idade. “Eu tinha que repetir em voz baixa, cada frase que eu dizia.”

David Beckham, jogador de futebol inglês. Tudo para ele deve ser em pares, se houver três livros sobre uma mesa, um deve ser adicionado, ou um removido. Apesar disso tudo, diz que não há nada errado em querer que tudo esteja em ordem.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, tem fobia de germes, o que o faz evitar apertar a mão de outras pessoas e se recusa a tocar no botão de um elevador.

Jô Soares assumiu que os quadros da sua casa têm que estar levemente tombados para a direita.


Kate Perry afirma que se há maquiagem quebrada na bolsa ela surta. Se ela vê um par de óculos de sol com impressões digitais sobre eles, aí ela quase desmaia.

Leonardo DiCaprio confessa que, quando caminha, presta atenção para não pisar em chicletes grudados no chão e que se esforça para passar por uma porta várias vezes, porque “não quer que a sua condição tome conta de sua vida”.

 

Superstições populares

Se entrar um passarinho dentro de casa e não bater em nada traz sorte, mas se bater e não conseguir sair sozinho traz azar.

Quando aparecem, joaninhas e borboletas é sinal de boa sorte.

Criança que ao nascer traz a mão fechada, será sovina quando crescer.

Achar moeda no chão é sinal de sorte.

Cortar as unhas à noite faz com que você esteja distante quando seus pais morrerem, afasta a fortuna ou te deixa desprotegido contra maus espíritos.

Não aponte para lua, pois uma verruga pode surgir em seu dedo.

Deixar gavetas abertas traz mau agouro. 

Comer cabeça de peixe para poder casar com pessoas mais velha.

Cubra os espelhos durante a tempestade, pois eles atraem raios.

Bater três vezes na madeira afasta desgraças:
Alguns atribuem isso ao rito religioso antigo de tocar um crucifixo ao fazer um juramento. Entre os camponeses ignorantes da Europa, pode ter tido o seu início o hábito de bater bem forte para manter os maus espíritos longe.

Guarda-chuva aberto dentro de casa atrai azar.

Deixar mala aberta é de mau agouro, pois se assemelha a um caixão mortuário.

Se você não quer casar, basta pedir para alguém varrer seu pé.

Não faça careta, pois, se bater vento em seu rosto, você pode ficar assim para sempre.

Quem brinca com fogo faz xixi na cama.

Deixar a bolsa ou pasta no chão é pedir para que o dinheiro vá embora.

Assobiar à noite atrai fome.

Passar o rabo de um gato preto por dentro das orelhas cura dor de ouvido.

Deixar a carteira em cima da mesa, só vai ter dinheiro para a comida.

Passar dinheiro pela janela dá azar.

Pular sobre uma pessoa faz com que ela não cresça mais.

Colocar um pintinho para piar na boca de um bebê o ajuda a começar a falar.

Comer direto da panela faz com que no dia de seu casamento chova.

Quando uma criança sonha que está caindo num poço é sinal de que está crescendo.

Uma tesoura não deve ficar aberta por muito tempo. Dá azar.

Ao acompanhar um enterro não se deve entrar no cemitério antes do caixão.

Viu uma estrela cadente? Faça um pedido.

Se uma visita abrir a porta ao sair — em vez de o anfitrião –, ela não volta.

Desvire sempre o chinelo para a sua mãe não morrer.

Se ouvir alguém chamando seu nome e não ver ninguém, não responda! Pode ser a morte!

Se sem querer pisar numa merda, significa que vai atrair dinheiro.

Donzela não serve sal, não corta galinha, nem passa o paliteiro.

Fazer um desejo ao cortar a primeira fatia do bolo de aniversário leva o desejo a se tornar realidade.

Desejos feitos para a primeira estrela da noite podem se tornar realidade. Isso também funciona com estrelas cadentes.